03/21/17 - Itaperuna Notícias

Últimas

Post Top Ad

terça-feira, março 21, 2017

Evento de Saúde Mental mudou de horário

terça-feira, março 21, 2017
A Associação de Familiares, Amigos, Usuários e Pessoas com transtorno mental (AFAUPETRAM) do Programa de Saúde Mental, da Secretaria de Saúde de Itaperuna informa que o horário do "Mostrando a Cara" mudou. O evento será nesta quarta-feira (22), das 14h às 17h, na Concha Acústica, no Centro da cidade.

O objetivo do encontro é apresentar a Associação e realizar ações de promoção e prevenção em saúde mental, com danças, músicas, oficinas interativas, atividades físicas, exposição e venda de artesanatos e brechó e pintura de rosto.

Fonte: DECOM
SAIBA MAIS >

Itaperuna recebe mais doses da vacina contra Febre Amarela

terça-feira, março 21, 2017
A Secretaria de Saúde de Itaperuna já recebeu 74 mil doses da vacina para a Campanha de Vacinação contra a Febre Amarela, enviadas pela Secretaria Estadual de Saúde. Essas doses já estão disponíveis em vários postos de saúde e também oferecidas pelos agentes de saúde nas zonas rurais do município.

De acordo com o secretário Alexandre Martins, só nesta segunda-feira (21), 1.814 pessoas foram vacinadas. Desde final de janeiro, quando se iniciou o programa de vacinação de bloqueio e também das pessoas que declararam que iam viajar para áreas de risco, 17.812 foram imunizadas. No total, 19.626 pessoas já receberam a vacina.

O objetivo é vacinar toda a população, sendo assim, a vacinação segue no posto de saúde Dr. Raul Travassos e nos postos dos bairros Aeroporto, Boa Fortuna, Horto, São Francisco, São Matheus, Surubi, Frigorífico, João Bedim, Cehab e Matadouro. Além dos distritos de Raposo, Comendador Venâncio, Retiro do Muriaé, Nossa Senhora da Penha, Boa Ventura, Itajara; e localidades de Aré, Córrego da Chica e São Sebastião. O horário de atendimento é entre 8h e 16h e é necessário apresentar comprovante de residência e Carteira Nacional do Sus ou da Secretaria Municipal de Saúde.

Para a população flutuante, como no caso dos estudantes, a orientação é a pessoa receber a vacina em sua cidade, caso não seja possível, a vacina será disponibilizada mediante a apresentação de documentos.
Fonte: DECOM
SAIBA MAIS >

Terceiro caso de febre amarela é confirmado no estado do Rio de Janeiro

terça-feira, março 21, 2017
Tânia Rêgo/Agência Brasil
A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje (21) o terceiro caso de febre amarela no município de Casimiro de Abreu, na região da Baixada Litorânea. Joaquim de Oliveira Santos, de 45 anos, foi transferido no fim de semana do Hospital Municipal Ângela Maria Simões, em Casimiro de Abreu, para o Instituto Estadual de Infectologia São Sebastião, localizado dentro do Hospital dos Servidores do Estado, na capital fluminense. De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde de Casimiro de Abreu, o quadro do paciente é estável, e ele volta ainda hoje para o Hospital Ângela Maria Simões, em Casimiro de Abreu.

O paciente é tio de Watila Santos, pedreiro que morreu no último dia 11, vítima da doença. A outra vítima, Alessandro Valença Couto, de 37 anos, recebeu alta hoje de manhã do Hospital dos Servidores. A enteada de Watila, uma menina de 9 anos, permanece internada, sem previsão de alta. Ela foi transferida na sexta-feira (17) de Casimiro de Abreu para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, depois de apresentar um quadro de dores abdominais. Mais três enteados do pedreiro, um menino de 8 anos e duas meninas de 6 e 11 anos, tiveram alta no fim de semana do Hospital Municipal Ângela Maria Simões.

Vacinação

A prefeitura de Casimiro de Abreu vacinou mais de 40 mil dos 42 mil moradores da cidade. Como a maior parte da população já foi vacinada contra a febre amarela, o hospital de campanha instalado na Praça Feliciano Sodré, na sede do município, encerrou o trabalho de vacinação no último sábado (18).

Os postos de saúde e centros de referência continuam vacinando a população do município diariamente, a partir das 8h. A partir da semana que vem, a prefeitura informou que será necessário apresentar cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e comprovante de residência para receber a vacina.

Fonte: Flávia Villela - Repórter da Agência Brasil
SAIBA MAIS >