Vigilância Sanitária de Itaperuna reúne-se com protetores de cães de ruas - Itaperuna Notícias

Últimas

Post Top Ad

quarta-feira, março 15, 2017

Vigilância Sanitária de Itaperuna reúne-se com protetores de cães de ruas

A Vigilância Sanitária de Itaperuna realizou nesta terça-feira (14) no auditório do Centro de Saúde Dr. Raul Travassos, a primeira reunião com os representantes das ONGs e Grupos de Proteção Animal de Itaperuna para tratar sobre a situação dos animais de rua e outros assuntos.

O objetivo do encontro foi ouvir as reivindicações dos grupos protetores e explicar o que o poder público está fazendo e o que poderá ser feito.O Coordenador da Vigilância Sanitária Gabriel França anunciou a retomada das atividades do Hospital Veterinário e do Projeto Pata Amiga, dentro de aproximadamente 45 dias.

Os representantes dos três grupos de protetores presentes reivindicaram urgências nas ações do poder público.

O Coordenador da Vigilância explicou que tudo tem que seguir os transmites legais para evitar problemas com a justiça no futuro."Eu entendo a urgência e estou sensibilizado com o problema dos cães de rua, estamos procurando soluções, mas não adianta eu dizer de boca que vou resolver o problema amanhã, porque isso passa por diversas etapas", explicou Gabriel França.

Os grupos querem casas de passagem para abrigar os animais doentes ou atropelados enquanto não são adotados, e também uma soluções para os cães que vivem no lixão, que foi interditado, e agora estariam sem água e comida.

O coordenador da Vigilância fez uma proposta substitutiva às casas de passagem, que seria a construção de um canil somente para guarda provisória dos cães dentro dos mesmos parâmetros sugeridos pelos grupos de protetores . Contudo, afirmou que todas as propostas serão levadas para apreciação da Secretaria de Saúde e do Prefeito Municipal de Itaperuna.

O Vereador Marquinhos de Retiro, presente durante toda a reunião disse que já apresentou proposta sobre o tema, e que o legislativo dará todo apoio para solucionar o problema dos cães de rua.

Fonte: DECOM