Prefeitura de Itaperuna promove “Semana Mundial de Aleitamento Materno” - Itaperuna Notícias

Últimas

Post Top Ad

quinta-feira, agosto 12, 2010

Prefeitura de Itaperuna promove “Semana Mundial de Aleitamento Materno”

A Prefeitura de Itaperuna, através da Secretaria de Saúde (SMS), realiza ação para promover a “Semana Mundial de Aleitamento Materno”. O evento, que acontece no Centro de Saúde Raul Travassos, tem como tema: “Amamentação 10 passos - O Caminho Amigo das Crianças” e é coordenado pela enfermeira do Programa da Saúde da Mulher Daniela Frazão.

Segundo Frazão, a ocasião é voltada para todas as mulheres que amamentam ou tem problema para amamentar. “A Semana Mundial de Aleitamento Materno tem o objetivo de comemorar e orientar junto à população”, disse a enfermeira, que no ensejo falou de uma palestra sobre a importância do aleitamento materno e serviu lanche às participantes no dia “D” no início da campanha.

Uma tenda foi montada e durante as palestras as mães são informadas sobre uma série de benefícios que o leite materno traz ao bebê, entre eles, que o leite humano é o alimento necessário à criança durante os seis primeiros meses de vida. Ele o protege contra a diarréia, infecções respiratórias, diabetes e alergias. A prática, além de estreitar ainda mais os laços do filho com a mãe, é reconhecido hoje no mundo inteiro como o fator mais eficaz de proteção aos bebês contra uma série de doenças.

Outras vantagens da amamentação, é que o leite é de fácil digestão; não precisa ser manipulado (já vem pronto e adequado às necessidades do bebê); reduz o risco de câncer de mama e ovário; é prático e econômico. O ideal é que a criança continue sendo amamentada pelo menos até aos dois anos de vida. A gestante Letícia Rodrigues, de 18 anos, está com oito meses de gravidez e compartilha a opinião de que é preciso amamentar. “Participei do evento para me preparar melhor e não ficar preocupada após o parto”, disse.

Dicas importantes para amamentar corretamente
Para amamentar corretamente, a boca do bebê deve estar bem aberta; o bebê deve abocanhar bem toda aréola do seio; lábio inferior do bebê deve ficar invertido; a barriga da mãe deve encostar na barriga do bebê; a bochecha do bebê deve ficar arredondada durante a amamentação; e o queixo deve encostar no peito.

Fonte: DECOM - Prefeitura de Itaperuna