Secretaria de Saúde de Itaperuna no combate à dengue - Itaperuna Notícias

Últimas

Post Top Ad

terça-feira, maio 11, 2010

Secretaria de Saúde de Itaperuna no combate à dengue



Conscientizar, promover e prevenir quanto aos cuidados para um melhor controle da Dengue é a ação desenvolvida pela Vigilância Ambiental em Saúde e Núcleo de Informação, Comunicação e Educação em Saúde (Nices), da Secretaria de Saúde em Itaperuna, para funcionários das empresas situadas no município.

Recentemente os técnicos do Nices realizaram palestras sobre Dengue e a tabela de vacinação H1N1 para 35 profissionais da Fábrica Boechat Freios. A ação aconteceu na área de lazer da empresa, logo após o almoço dos funcionários. A parceria teve o apoio do setor de RH da empresa.

Segundo a técnica Jordana Martins esta é uma ação de mobilização social conjunta entre a iniciativa privada e o setor público de saúde do município. “Nos preocupamos com a saúde dos trabalhadores, que, quando contaminados, afetam diretamente a produção nas indústrias”, ressaltou Jordana, que durante o evento junto com Nilzeni Raimundo, também técnica do Nices, distribuiu material informativo de como controlar a Dengue.

Os funcionários ouviram atentos as recomendações de Nilzeni, conheceram o ciclo do mosquito Aedes aegypti, em todas as suas fases de desenvolvimento, através de folder ilustrativo. Ao final da palestra, a responsável pela ação do RH na empresa, Tereza Braga Vieira, agradeceu a presença dos técnicos da Secretaria da Saúde e também se comprometeu em divulgar junto aos demais funcionários da empresa, os cuidados necessários para se evitar a Dengue.

De acordo com o coordenador do Nices Gesiney Botelho, o combate à Dengue é feito com a mobilização social presente. “Não interessa onde se faça as ações. O importante é que se tenham reforços, com a participação da população, como colaboradores e multiplicadores de ações preventivas”, disse Botelho.

“Aqui na Boechat vimos que os funcionários mostraram preocupação no momento em que a Jordana comentou da gravidade da doença com relação ao afastamento deles do trabalho. Não é bom para a empresa nem para funcionários quando acontece isso, sempre há a necessidade de licenças trabalhistas, remanejamento de pessoal, um grande transtorno para todos”, conclui o coordenador.

É importante saber:
Cuidar da limpeza de terrenos baldios e de quintais de residências é fundamental para que não haja proliferação das larvas do mosquito. Os profissionais da saúde lembram ainda da importância do agente de saúde como um instrumento multiplicador de informação e orientação. Eles fazem as vistorias, nas moradias, a procura de locais onde a larva do mosquito transmissor da dengue possa estar alojada, eliminando-os e repassado medidas de prevenção e promoção a saúde.

Peça a sua identificação, mais deixe o Agente de Vigilância Ambiental em Saúde entrar em sua residência, ele é um funcionário público e esta ali para ajudá-lo no controle da Dengue. Informação 3824 6293 – CVAS.

Fonte: DECOM de Itaperuna