09/19/09 - Itaperuna Notícias

Últimas

Post Top Ad

sábado, setembro 19, 2009

NASF em Itaperuna atende a aproximadamente 580 pessoas por mês

sábado, setembro 19, 2009
Criado pelo Ministério da Saúde em 2008, o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) tem como objetivo ampliar a abrangência das ações de atenção básica, apoiando a inserção da estratégia de Saúde da Família na rede de serviços e o processo de territorialização e regionalização a partir da atenção básica.

Em Itaperuna, o NASF possui duas unidades, cada uma delas é responsável por oito PSFs (Programa de Saúde da Família). O NASF é formado por uma equipe que abrange diferentes profissionais, dentre eles, nutricionista, assistente social, psicólogo, fisioterapeuta e farmacêuticos. Os atendimentos são feitos na própria Unidade ou em domicílio, em caso de paciente acamado ou quando possui dificuldade de locomoção.

O atendimento pode ser requerido pelo paciente ou algum familiar na própria Unidade. O profissional solicitado se encaminha ao local e faz uma triagem com objetivo de saber as reais necessidades do paciente. Por exemplo, quando um nutricionista é acionado para prescrever uma dieta para hipertenso ou diabético, ele se certificará se o paciente tem condições financeiras para arcar com a dieta. Caso não tenha, será solicitado um assistente social.

Em Raposo, distrito de Itaperuna, a procura por um nutricionista é bastante intensa, principalmente por mulheres que sofrem com a obesidade. Devido a situação dessas mulheres, criou-se o Grupo de Atendimento de Mulheres Obesas, onde há possibilidade de acompanhamento profissional, troca de experiências e informações.

Logo na primeira fase de atendimento ao grupo, elas perderam aproximadamente 10 kg cada. Na segunda fase houve a preocupação em trabalhar com a auto-estima delas. Café da manhã, palestras, atividades físicas e acompanhamento por um psicólogo, fazem parte da rotina do grupo.

"Foi preciso trabalhar a auto-estima das mulheres, pois são pessoas que trabalham o dia todo e muitas vezes, não conseguem se cuidar por falta de tempo. Acham que não existe mais solução e que seus maridos não a admiram mais. Conseguimos efetivamente mudar essa situação", diz a coordenadora do NASF Milena Alves.

O NASF também atua na Educação em Saúde, onde aborda diversos temas e organiza palestras para a comunidade.

Balanço de atendimento – somente no último mês o NASF realizou aproximadamente 580 atendimentos, sendo em média 150 atendimentos dos nutricionistas, 100 pelos psicólogos, 160 por fisioterapeutas, 120 por assistentes sociais e 50 por farmacêuticos.

Fonte: DECOM

SAIBA MAIS >

Em Itaperuna, programa 'Saúde da Mulher' oferece exames gratuitos

sábado, setembro 19, 2009
O programa "Saúde da Mulher", desenvolvido pela Secretaria de Saúde de Itaperuna, atua fortemente visando o bem-estar das mulheres do município. Com uma equipe de profissionais qualificados, o programa prima pela qualidade dos serviços prestados, bem como pelo atendimento oferecido às pacientes.

Dentre os diversos serviços oferecidos à população, o programa realiza o exame pré-natal, que possui elevado número de atendimento. Neste caso, a paciente deve informar a amenorréia (ausência de menstruação), e dessa forma será encaminhada para fazer o exame Beta HCG, gratuitamente, para a confirmação da gravidez. Sendo confirmada a gravidez, a paciente é assistida em todos os procedimentos necessários até o parto. O exame de Beta HCG, ultra-som, medicamentos e todo apoio necessário à gestante são oferecidos gratuitamente.

Além disso, o programa "Saúde da Mulher" desenvolve o projeto "Viva Mulher", que trabalha com a prevenção do câncer uterino e de mama. "A paciente faz o preventivo e em caso de alteração ela já é encaminhada imediatamente ao tratamento, fornecido pelo próprio projeto. Inclusive os tratamentos mais complexos, em casos mais avançados", diz Jailma Alves, enfermeira responsável.

As interessadas em obter melhores informações sobre o programa "Saúde da Mulher" devem procurar o atendimento no Posto de Saúde Dr. Raul Travassos, sala nº 18.

Fonte: DECOM

SAIBA MAIS >

Plantio de mudas de árvores nativas no CIEP 264 em Itaperuna

sábado, setembro 19, 2009
A Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Itaperuna realizou no dia 16 de setembro, uma limpeza ao redor do prédio da Escola Municipal Henriete Morineau (Ciep 264), situado no Bairro São Matheus. Concluída a limpeza, foram plantadas 40 mudas de árvores nativas, dentre elas, Pau-brasil, Jacarandá, Pau-ferro, Farinha-seca, Saboneteira, Pitanga, Biribá e Abricó. A iniciativa da Secretaria ainda beneficiará outras escolas da cidade, incluindo distritos e zona rural.

Fonte: DECOM

SAIBA MAIS >

Curso ‘Multiplicadores na Educação para Prevenção e Combate à Dengue’ em Itaperuna

sábado, setembro 19, 2009
A Secretaria de Saúde de Itaperuna, através do Núcleo de Informação, Comunicação e Educação em Saúde (NICES) e da Vigilância Ambiental em Saúde, promoveu no dia 15 de setembro, o curso "Multiplicadores na Educação para Prevenção e Combate à Dengue", para os professores da rede municipal.

O curso tem como objetivo capacitar o professor-multiplicador a desenvolver ações de estratégias em suas escolas, baseadas em informações pertinentes ao controle da Dengue e seus vetores, incluindo suas experiências, de acordo com realidade de cada escola. Os professores receberão um livro desenvolvido pelo NICES para trabalhar com os alunos. O livro será virtual, o que possibilita ao professor a capacidade de adequar o conteúdo à realidade vivida em cada escola.

O biólogo Nedilson Neira falou sobre o mosquito Aedes Aegypti (transmissor da Dengue), de uma maneira simples e objetiva. O biólogo destacou o ciclo de vida do mosquito, a prevenção e o modo de transmissão. Já Vanilton Miranda, enfermeiro da Vigilância Epidemiológica, abordou os fatores que colaboram para a transmissão da Dengue e sobre a distribuição da doença, principalmente em Itaperuna. "A dengue é uma doença sazonal, ou seja, aparece em determinado período do ano. Sempre começa com o calor! Com o início da primavera, já devemos ficar preparados", aconselha o enfermeiro. Miranda ainda lembrou que no passado, houve uma epidemia na cidade e salientou a importância de todos se precaverem para evitar outra epidemia.

Coube a Aurélio Carneiro, coordenador da Vigilância Ambiental, encerrar o ciclo de palestras destacando o trabalho dos agentes ambientais. "Os profissionais são devidamente treinados para combater o mosquito. Existem estudos de técnicas, bastante sérias, que utilizamos para combater o transmissor", diz. A informação é a principal arma no combate à Dengue. Temos todos, responsabilidades no combate ao mosquito transmissor.

Veja algumas precauções que devemos ter:
1- Não deixe acumular água em pratos de vasos de plantas e xaxins. Na hora de lavar o recipiente, passe um pano grosso ou bucha nas bordas. Substitua a água dos vasos de plantas por areia grossa umidecida.

2- Esvazie as garrafas sem uso. Elas devem ser guardadas de boca para baixo, de preferência em lugares cobertos.

3- Todo material descartável que acumula água, como copos de plástico, latas e tampinhas de garrafa, deve ser jogado no lixo.

4- Pneus velhos são um dos lugares preferidos do mosquito da dengue. Por isso, eles devem ser guardados em lugar coberto ou devem ser furados.

5- Mantenha as caixas d´água, poços, latões e filtros bem fechados.

6- Troque diariamente a água de bebedouros de animais. Lave bem o recipiente com uma escova ou bucha.

7- Mantenha limpas as calhas, lajes e piscinas.

8- Elimine a água acumulada em bambus, bananeiras, bromélias etc. Evite plantas que acumulem água, como gravatás, babosa, espada-de-São-Jorge, entre outras.

Fonte: DECOM

SAIBA MAIS >

VII Conferência Regional dos Direitos da Criança e do Adolescente em Itaperuna

sábado, setembro 19, 2009
O Itaperuna Tênis Clube (ITC) foi o local escolhido para sediar a VII Conferência Regional dos Direitos da Criança e do Adolescente, no dia 14 de setembro. Com o tema "Construindo as diretrizes da política nacional dos direitos da criança e do adolescente e do plano decenal", a conferência reuniu lideranças governamentais, associações, membros da sociedade civil, dentre outros.

Para Franciney França, secretário de Ação Social, Trabalho e Habitação, a conferência é essencial para ampliar o debate sobre o futuro dos jovens. O secretário fez um desabafo sobre os últimos acontecimentos na cidade. "Fiquei chocado ao saber que em menos de um mês foram registrados oito homicídios em Itaperuna", diz. O vice-prefeito Fernando Fernandes (Paulada) citou a própria trajetória como criança carente que buscou oportunidades. "Com força de vontade a gente pode procurar o melhor caminho. Existem muitos problemas e nós temos que procurar uma solução, pois as crianças de hoje serão os adultos de amanhã".

A Secretaria Municipal de Ação Social, Trabalho e Habitação mantém projetos sociais como o Peti, Projovem, Curumim e Cras, que possibilitam oportunidades aos jovens, desde a infância até o mercado de trabalho. "Tirar as crianças da rua e levá-las para a escola é o nosso objetivo. Lutar contra a violência e tudo que o crime tem a oferecer é muito difícil, mas não é impossível", comenta França.

Sérgio Martins, presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolesceste de Itaperuna (CMDCA), apresentou um estudo realizado pelo Laboratório de Análise da Violência da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), que mostra um quadro preocupante. Até 2012 mais de 33.500 jovens morrerão assassinados. Um em cada 500 adolescentes brasileiros será morto antes dos 19 anos. A probabilidade de que um adolescente brasileiro seja atingido por uma arma de fogo é três vezes maior, do que ser assassinado de qualquer outra forma.

"O Lugar dos nossos jovens é estudando e trabalhando e não se rendendo às facilidades da criminalidade. Esse é o trabalho que nós estamos lutando para realizar em Itaperuna. Mostrar as possibilidades que eles têm de ser vencedores ao longo de suas vidas e não de correr o risco de sequer completar a maioridade", diz Martins. Hoje, os projetos e programas assistidos pelo CMDCA de Itaperuna são: "Quem ama Educa" e "Liberdade Assistida" da Paróquia São José do Avahy; "Menina mulher" e "Prevenção na gravidez" do Centro de Estudos e Ação da mulher de Itaperuna; "Mus@rte" da Associação Cultural, Recreativa e Educacional; "Resgate de Criança e Adolescente" e "Crianças e/ou adolescentes vítimas do abuso Sexual" da Associação Patronato Padre Humberto Lindelauf e "Desate Esse Nó" da APAE.

O presidente Regional dos direitos da Criança e Adolescente (CEDCA-RJ) Carlos Nicodemos falou sobre a necessidade de ampliar o diálogo com diversos setores da sociedade, visando o desenvolvimento de uma cultura de investimento social e parcerias com empresas, desenvolvendo projetos junto aos conselhos municipais. Com uma previsão orçamentária de R$ 4 milhões, considerada insuficiente para atender a toda realização dos projetos, a opção é atrair um segundo setor para uma parceria em termos de investimentos, possibilitando assim, uma melhor atenção aos jovens. Para que as empresas possam apoiar financeiramente os projetos já aprovados, basta entrar no site: http://www.cedca.rj.gov.br/

Fonte: DECOM

SAIBA MAIS >

Circuito Cultural SESI - Mês de Setembro

Closed Party - Noite Carioca foi um sucesso

sábado, setembro 19, 2009
No último dia 11 de Setembro aconteceu no Espaço Sueth no Itapuã Clube a festa "Closed Party - Noite Carioca". A festa foi inspirada nas formaturas de Medicina, que sempre trazem um tema e estilo próprio. A ideia da festa foi oferecer à sociedade o luxo, o bom gosto, a boa música, tendo isto como nova opção de noite, que com certeza não será a única.

A festa contou com área vip (private lounge com 200 convites), espaço Zen, Make-up. Teve grupo de chorinho e samba de gafieira, aula de dança de salão, DJ HELP - The Week_RJ - e o grande show com a banda RG7.

Fonte: Site Closed Party

SAIBA MAIS >

Programação da 2ª Parada LGBT

sábado, setembro 19, 2009

*Data: 19 de Setembro (sábado)

13h – Oficina de apresentação do Programa Rio Sem Homofobia
Palestrante: Cláudio Nascimento – Superintendente de Direitos Difusos, Individuais e Humanos do Estado do Rio de Janeiro.
Público-alvo: Gestores e Dirigentes de ONG`s, OSCIP.
Mesa de Intervenções 1 – Combate a Homofobia e direitos conquistados
Mesa de Intervenções 2 – Os movimentos sociais e a luta contra as opressões

19h – Encerramento

23h - Pré Parada Oficial
Local: Salão de Festas ADRICAR – (Em frente a CAPIL, atrás do posto de gasolina)
Shows de Gogo Boy, Gogo Girls, Caricatas e Djs
Top Drag Caricata: Kayka Sabatella
Informações pelo tel: (22) 9892-3553 – Cezar ou www.noticiag.blogspot.com
ATENÇÃO: Entrada somente com apresentação da Identidade.


*Data: 20 de Setembro (domingo)
13h - 2ª Parada LGBT do Noroeste – Itaperuna/RJ
Local: Concentração em frente ao Terminal Rodoviário
Tema: Lutando pela vida, pelo fim da homofobia, machismo e racismo.
Informações da parada e da compra de camisetas da manifestação pelo
tel: (22) 9914-3836/3823-7289 – Nagilla
Acesse:
www.gupvi.blogspot.com

Fonte: GUPVI
SAIBA MAIS >

2ª Parada do Orgulho LGBT de Itaperuna

sábado, setembro 19, 2009
O Grupo Unidos Para Vida em Itaperuna (GUPVI), tem como objetivo principal ser um instrumento de expressão da luta pela conquista dos direitos humanos plenos das pessoas, independente de sua orientação afetivo-sexual. Somos contra quaisquer formas de discriminação a gays, lésbicas e transgêneros, sejam elas jurídicas, sociais, políticas, religiosas, culturais ou econômicas.

Tendo em vista nosso ideal, vimos a público informar que no dia 20 de setembro de 2009 realizaremos em Itaperuna, interior do estado do Rio de Janeiro, a 2ª Parada do Orgulho LGBT do município.

O GUPVI escolheu para o ano de 2009 a temática: Lutando pela vida, pelo fim da homofobia, machismo e racismo.

A 2ª Parada LGBT será realizada com o intuito de fortalecer ainda mais a questão dos direitos humanos, buscando fortalecer a discussão e promoção da cidadania, contribuindo para a construção de uma democracia anti-homofóbica e que valorize os aspectos humanos individuais e coletivos.

No ano de 2008 o Grupo Unidos Para Vida em Itaperuna, apesar dos ataques homofóbicos veiculados por religiosos e por políticos municipais da época, promoveu a 1ª Parada LGBT de Itaperuna com o tema: "Unir os trabalhadores contra a homofobia, o machismo e o racismo.", que aglomerou mais de 5.000 pessoas. A Parada foi um marco histórico para o interior do estado e aprovada por toda população que aplaudiu a organização e o respeito dos manifestantes, demonstrando que o evento é totalmente sócio-político.

A concentração será a partir das 13 horas, em frente à rodoviária, em direção ao Centro Poliesportivo. Para o ano de 2009 os organizadores esperam o dobro de público do ano anterior e promoverá novas atrações no decorrer da manifestação.

Fonte: GUPVI

SAIBA MAIS >

Prêmio Rio Sociocultural 2009 será lançado em Itaperuna dia 22 de setembro

sábado, setembro 19, 2009
Comissão organizadora se reunirá com gestores culturais da região para divulgar as inscrições, abertas até o dia 30/09

Estão abertas até o dia 30 de setembro as inscrições para o Prêmio Rio Sociocultural 2009, que contemplará dez iniciativas socioculturais inovadoras realizadas em municípios do Estado do Rio de Janeiro. O Prêmio, promovido pelo RIOSOLIDARIO em parceria com o Instituto Cultural Cidade Viva – ICCV, tem o patrocínio da Companhia Distribuidora de Gás do Rio de Janeiro e da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro. Conta, ainda, com o apoio do SEBRAE-RJ e da UNESCO.

Para promover as inscrições, os organizadores farão encontros com agentes culturais, secretários de cultura e ação social de mais de 80 municípios. O primeiro a ser visitado será Itaperuna, no Sebrae local, na próxima terça-feira, dia 22 de setembro. O objetivo do encontro é mobilizar formadores de opinião de cidades vizinhas como Lage do Muriaé, Miracema, Natividade, São José de Ubá, Santo Antônio de Pádua, Porciúncula, Bom Jesus do Itabapoana e Varre-sai para unir forças na divulgação do Prêmio e da abertura das inscrições junto à comunidade local. Serão realizados lançamentos ainda em cidades como Volta Redonda, Petrópolis, Angra dos Reis e Cabo Frio, entre outras.

O Prêmio Rio Sociocultural 2009 tem como objetivo valorizar e divulgar ações que contribuam para o crescimento social, para a autoestima das comunidades e que gerem trabalho, renda, cidadania e fortalecimento da identidade fluminense.

As inscrições são abertas a instituições públicas, ONGs, iniciativas pessoais e de grupos. Poderão concorrer apenas ações que sejam realizadas há pelo menos um ano. A premiação será em dinheiro, e todos os 10 finalistas serão contemplados com R$3 mil. Os cinco primeiros lugares ganharão mais R$5 mil cada, totalizando um valor de R$55 mil em prêmios.

Francis Miszputen, produtora-executiva do Prêmio, destaca os principais critérios que serão avaliados pelo Comitê Técnico na seleção dos finalistas: "Vamos contemplar soluções simples, inovadoras, pioneiras, que dispensem grandes investimentos e que tenham potencial multiplicador para outras localidades", diz. Além destes critérios, também serão levados em conta projetos que promovam o desenvolvimento socioeconômico através da arte e da cultura, valorizando grupos socioculturais locais e a identidade sociocultural fluminense.

As inscrições, gratuitas, podem ser feitas através do preenchimento do formulário, disponível no site www.premioriosociocultural.com.br , e envidas até o dia 30 de setembro para Instituto Cultural Cidade Viva, na Rua São Bento, 09, 1° andar Centro, Cep: 20.090-010, Rio de Janeiro, RJ. Informações pelo telefone: 21 2233 3690.
Informações para a imprensa:
Marcelle Braga - Cel.: 21 7814 4820
marcelle@paralelocomunicacao.com.br
Fonte: DECOM
SAIBA MAIS >

Você sabia que em Itaperuna existem Residências Terapeuticas?

sábado, setembro 19, 2009
As residências fazem parte do "Programa de Saúde Mental" da Secretaria de Saúde de Itaperuna
As Residências Terapêuticas são casas inseridas na comunidade, destinadas a cuidar de pessoas com algum tipo de transtorno mental e que estiveram internadas por longo período em hospitais psiquiátricos, não possuindo laços sociais e vínculos familiares. As residências fazem parte do "Programa de Saúde Mental", órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde de Itaperuna.

São duas residências, uma masculina e outra feminina. A primeira está situada na Rua José do Patrocínio, 183, Vale do Sol. A feminina se localiza na Rua Alcides Augusto Magalhães, 600, Aeroporto. A equipe do "Programa de Saúde Mental" é composta por psiquiatra, psicólogo, terapeuta ocupacional, enfermeiro, farmacêutico, assistente social, educador físico e clínico geral. Conheça alguns projetos do "Programa de Saúde Mental".

Programa de volta para casa
O programa de Volta para Casa (PVC) dispõe sobre a regulamentação do auxílio-reabilitação psicossocial para assistência, acompanhamento e integração social fora da unidade hospitalar de pessoas acometidas de transtornos mentais com história de longa internação psiquiátrica.

QualiCaps
É um programa de supervisão clínico-institucional que tem os seguintes objetivos: promover uma participação mais efetiva da família; qualificação do pessoal; desenvolver ações que resultam em um funcionamento eficaz do serviço oferecido e Integrar o CAPS com a rede básica de saúde.

CAPSad
É um serviço de Saúde aberto e comunitário do SUS. É um lugar de referência e tratamento de usuários de álcool e drogas com atendimento diário à população com transtornos decorrentes do uso e dependência de álcool e outras drogas. Desenvolve uma gama de atividades que vão desde o atendimento individual (medicamentoso, psicoterápico, orientação, dentre outros) até atendimentos em grupos, oficinas terapêuticas e visitas domiciliares.

CAPS II
É um lugar de referências e tratamento de pessoas que sofrem de transtornos mentais, psicoses, neuroses graves e demais quadros que justifiquem o atendimento. Além do atendimento multidisciplinar os usuários do programa de saúde mental do CAPS II, recebem medicação, alimentação e transporte em casos específicos.

CAPSad - Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas
Rua José de Assis Barbosa, s/n, Cehab. Telefone: (22) 3824-3264
CAPS II - Centro de Atenção Psicossocial
Rua José Silveira Goulart, s/n, CEHAB. Telefone: (22) 3822-9119

Atendimento de segunda a sexta, das 7h às 17h.

Fonte: DECOM

SAIBA MAIS >