Seminário de Educação Especial é realizado em Itaperuna - Itaperuna Notícias

Últimas

Post Top Ad

sexta-feira, dezembro 17, 2010

Seminário de Educação Especial é realizado em Itaperuna

Apresentação do Coral da 1ª Igreja Batista de Itaperuna
A Secretaria Municipal de Educação de Itaperuna (SEMED), através da Coordenação de Educação Especial, realizou na sala de reuniões da SEMED, um Seminário de Educação Especial, que contou com a participação de supervisores, diretores, orientadores pedagógicos e professores municipais que atuarão nas salas de recursos, que estão sendo montadas nas escolas municipais.
A professora e psicopedagoga Valéria de Souza fez uma abordagem sobre a atuação do profissional que trabalha com os alunos que possuem déficit intelectual ou com dificuldades de aprendizagem. Segundo ela, é de suma importância que este profissional esteja preparado para lidar com as diversas situações que possam surgir. “As escolas receberão alunos que deverão ser incluídos no contexto das mesmas e por isso elas deverão se adequar tanto estruturalmente, como através de uma formação para seus professores e funcionários”, diz.

Durante o seminário houve as apresentações do Coral da 1ª Igreja Batista de Itaperuna (com surdos–mudos) e de uma aluna portadora de paralisia cerebral que dançou balé. Também chamou a atenção, o depoimento de uma mãe, cuja filha é portadora de paralisia cerebral.  De acordo com ela, a filha sempre foi muito dependente, exigindo cuidado redobrado e que, após o início do tratamento, ela vem melhorando alguns de seus movimentos. A garota está sendo acompanhada pela equipe de psicopedagogas da SEMED e realiza tratamento na Clínica Redentor.

“É muito difícil para uma mãe ter uma filha assim. A gente sempre deseja filhos saudáveis e que possam ser independentes um dia. Mas Deus me deu esta minha filha e eu a amo muito. Tenho outros filhos saudáveis e nunca imaginei que minha filha nasceria assim. Aceito minha filha como ela é e só fico triste com o preconceito das pessoas. Tenho fé em Deus que tudo vai dar certo”, diz a mãe emocionada.

O depoimento emocionou a todos e mostrou a importância de deixar todo e qualquer tipo de preconceito de lado, bem como sempre buscar incondicionalmente uma Educação para todos.

Fonte: DECOM - Prefeitura de Itaperuna

Post Top Ad